Dê Atenção para a Sua Verdade


Recentemente tenho refletido muito sobre as minhas verdades... Percebo que cada um de nós é estimulado a parecer ser algo diferente do que realmente é, pois com isso podemos ter mais sucesso, mais prestígio, receber mais reconhecimento, etc. A lista fica longa se pararmos pra pensar nos ganhos que achamos que temos quando incrementamos nossa imagem.

Convido vocês a fazerem uma análise simples, porém profunda, sobre o quanto você é cem por cento verdadeiro no seu dia a dia. Para isso, comece a observar seus comportamentos e pensamentos e se dê uma nota de 0 a 10 em relação a quanto eles têm de verdade. Aqui não vale se enganar, mesmo que seja uma pequena distorção, a nota tem que sofrer um impacto.

 

Veja que não estamos tratando apenas de honestidade,

mas sim de um conceito mais amplo do que é ser verdadeiro!

 

Conversando com muitas pessoas pude perceber que, na maioria das vezes, começamos este processo nos enganando e aí levamos para o exterior aquilo que já está dentro de nós. Pense nisso na hora de se avaliar!

Agora, com o resultado da sua análise em mente, olhe para o quanto você se desgasta para sustentar esta imagem irreal de si mesmo. Você pode não se dar conta disso num primeiro momento, porém, com toda certeza, a preocupação de manter ativa essa rede de pequenas “invenções” a respeito de quem nós queremos ser tira muito a nossa energia e nos deixa cansados e estressados.

Com o tempo, a situação só se agrava, pois as histórias tendem a se acumular e eu fico imaginando até onde isso vai nos levar? Afinal, se não estamos sendo verdadeiros, como podemos ser plenamente felizes?

Ao vermos a atuação desse mecanismo em nossas vidas temos que ter cuidado para não entrarmos num ciclo de pensamentos onde alimentamos certa culpa pelas mentiras que contamos pra nós mesmos. Isso não ajuda em nada! Sugiro que, ao invés disso, você olhe para o seu passado e entenda que os teus comportamentos te serviram durante todo esse tempo e te trouxeram até aqui, mas se agora você vê que eles não te servem mais e quer fazer uma mudança nesse processo, simplesmente a faça e foque na beleza que surge com esse movimento.

Tenho plena convicção de que a sua verdade vai te levar para caminhos muito mais interessantes e plenos, ou seja, ela realmente merece toda a sua atenção!

Originalmente publicado em Abril/2015 na Coluna Comportamento da ACIC