Qual É o Seu Ponto de Equilíbrio?


Não é novidade para ninguém que uma vida equilibrada é mais saudável. Este assunto inclusive está em evidência, de forma que muitos buscam diversos tipos de recursos para alcançar um estado em que tudo pareça estar em harmonia.

Meditação, yoga, técnicas de respiração, esportes dos mais variados tipos,

viagens, livros, filmes, momentos de sono e de lazer, etc.

A lista de possibilidades e ofertas que prometem esta sensação de bem-estar no mundo de hoje é imensa e parece não ter fim, mas você já reparou que coisas que funcionam para uma pessoa não necessariamente funcionam para outra? E também que a mesma técnica pode ter efeitos diferentes em um grupo? Por que você acha que isso acontece?

Para mim, uma das possíveis respostas é que o equilíbrio não está necessariamente no meio, como muitos pensam.

 

Inclusive determinar um equilíbrio padrão é contrariar

o fato de que as pessoas são diferentes umas das outras!

 

Acredito que estar equilibrado não significa se equalizar num ponto em que outras pessoas estão, mas sim, encontrar seu próprio ponto de equilíbrio, onde cada parte sua tem seu ponto certo e preciso para entrar em harmonia com o todo. Imagine como seria se tentássemos equilibrar todas estas partes desconsiderando as características de cada uma.

Enquanto não descobrirmos este ponto dentro de nós, qualquer recurso que buscarmos irá nos proporcionar uma noção limitada deste estado harmônico e repetidamente teremos que nos adaptar e provocar mudanças em nossas vidas que restabeleçam a ordem. A chave para essa descoberta está em olhar para dentro, com bastante atenção aos sentimentos e sensações, pois cada um de nós sabe o que nos faz bem. Às vezes, o que nos falta é apenas a coragem de fazermos a escolha de colocar tudo isso em prática.

Quando realmente conseguirmos aplicar este conceito, acredito que uma mudança em relação à forma como percebemos o mundo irá acontecer e nos encontraremos em um estado de paz e alegria. Isso é o que podemos chamar de felicidade plena, pois envolve algo que vem de dentro pra fora, algo que cada um de nós tem em potencial para irradiar para tudo e todos à nossa volta.

Com consciência e clareza, é possível identificarmos nosso ponto pessoal, para então sabermos exatamente o que buscar para nos sentirmos equilibrados e felizes nas situações do dia a dia, independente dos recursos que estiverem disponíveis no momento.

E então, qual é o seu verdadeiro ponto de equilíbrio?

Originalmente publicado em Dezembro/2014 no Mural do Coach